Presidente Tó Zé Cassandra visita as comunidades e as escolas da região

Príncipe, 27/03/2012 – De acordo com o calendário de sua deslocação ao terreno, o presidente Tó Zé Cassandra iniciou a visita a zona sul da ilha, no dia 27 de Fevereiro, começando pela comunidade de Terreiro Velho, Nova Estrela, Santo Cristo e Abade e nos dias seguintes percorreu as comunidades de Porto Real, Pincate, Praia Nhame, Paciência, Picão, Praia Burra e terminou  esta primeira fase visitando a comunidade da Sundy, no dia 12 de Março do corrente ano.

A visita do presidente Cassandra a essas comunidades e escolas teve como objectivo sensibilizar as pessoas para o acolhimento do recenseamento geral da população e habitação que começa em Maio deste ano e mobilizá-las  para reforçar a prevenção na luta contra o paludismo, com propósito de radicalizar  o paludismo no país.

Além de levar essas mensagens, a visita teve como propósito também auscultar as pessoas a fim de conhecer as maiores dificuldades existentes naquelas comunidades.

Concernente aos problemas apresentados, uns foram encontrados soluções que serão resolvidos mais brevemente possível. Segundo o presidente Cassandra, maioria desses problemas enquadram-se no projecto que o governo tem em carteira para a região, como por exemplo, o abastecimento de água potável a toda a população, extensão da rede eléctrica  as comunidades e aquisição de mais carteiras para as escolas.

Outros problemas expostos pela população, foram registados para ser levado ao conselho do governo para serem discutidos a fim de encontrarem melhores soluções.

De acordo com  o presidente Tó Zé Cassandra, o propósito do  Governo Regional  é reduzir  o índice de pobreza na região.  É de salientar que estudo do perfil da pobreza recentemente realizado no país, mostrou que 71% dos habitantes do Príncipe  vivem no limiar da pobreza, com menos de 30 mil dobras por dia, não tendo rendimento suficiente para satisfazer as suas necessidades básicas.

No que diz respeito ao paludismo, felizmente o Príncipe é a região do país, onde se regista menos caso de paludismo. Entretanto, o presidente mostrou preocupado e pediu intensificação na prevenção do paludismo, visto que na capital do país em São Tomé tem havido inúmeros casos de paludismo.

Recorda-se que este flagelo (paludismo) foi um dos problemas que deixou muito preocupado o Estado são-tomense e a população em geral uma vez que nos anos anteriores causou muitas vítimas no país. “O paludismo voltou novamente a ilha irmã São Tomé e já começa a fazer vítimas, por isso,  nós temos que estar atentos, tomar todos os cuidados e prevenir para não sermos afetados novamente. Toda a população do Príncipe tem a responsabilidade de continuar a dormir de baixo do mosquiteiro impregnado, continuar a manter os quintais limpos e continuar a batalhar contra o paludismo nesta região de forma estarmos livres deste flagelo”, disse o presidente do Governo Regional, Tó Zé Cassandra.

A segunda fase da sua visita a outras comunidades está marcada para após o seu regresso de Portugal.

Foto: Milay Costa

Texto: Milay Costa

Revisão: Plácida Lopes

Assessoria de Comunicação Social

Governo Regional do Príncipe – GRP

(239) 2251011/013

Sobre Placida

Jornalista
Gallery | Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s