Governo Regional realiza II Jornada de Saúde na ilha do Príncipe

II Jornadas  regionais de Saúde

II Jornadas regionais de Saúde

Príncipe, 27/04/2012 – Sob o lema “JUNTOS PELA SAÚDE, MUDEMOS DE ATITUDE”, o Governo Regional realizou na quarta-feira (25/04),  a II  Jornadas Regionais de Saúde, que insere-se no quadro das festividades da comemoração 17º Aniversário da Autonomia do Príncipe que completa no dia 29 de abril.

Os temas desenvolvidos nesta jornada foram baseados na salubridade pública ameaça e entrave ao desenvolvimento do Príncipe, Príncipe na fase de pré-eliminação do paludismo as suas perspetivas e os seus desafios, Doenças cronicas transmissíveis VIH/SIDA e Tuberculose , Saúde da família e programa integrado de prevenção e luta contra as doenças.

A Jornada que  durou o dia inteiro teve como objetivo refletir sobre a situação da Saúde na região com propósito  de garantir uma melhor saúde e qualidade de vida para a população, promover a recuperação económica e social através da redução do impacto socioeconómico negativo causado pelo paludismo e doenças crônicas como  VIH/SIDA e Tuberculose.

Na cerimónia estiveram presentes o chefe do Governo Regional ,  José Cardoso Cassandra e os seus elencos governamental,  Natália Umbelina, Nestor Umbelina e Helio Lavres , o responsável do Projeto saúde para todos, Dr. Edgar Neves, funcionários da saúde dentre outros convidados.

O presidente do Governo Regional,  José Cardoso Cassandra disse que saúde é um sector complexo, que precisaria de mais tempo para apresentar e discutir  todos  os problemas existentes nos serviços regional da saúde. Entretanto, salientou  serviu para  reflexão e encontrar propostas para soluções dos problemas que afeta o bom funcionamento do serviço de saúde e trabalhar no desempenho eficiente destes quadros, porque só com estes motivados e bem formados o governo estará  em condições de de dar resposta  a todo os problemas exietentes a nível da saúde.

   II Jornada de Saúde no Príncipe sob o lema “JUNTOS PELA SAÚDE, MUDEMOS DEATITUDES”

II Jornada de Saúde no Príncipe sob o lema “JUNTOS PELA SAÚDE, MUDEMOS DEATITUDES”

Cassandra disse que os resultados apresentados pela Delegação da Saúde nesta jornada ainda não são satisfatório atendendo  os vários problemas existente a nível da saúde e os custos elevadíssimos que o  governo tem  tido com os números dos doentes evacuados anualmente para São Tomé, (mais de 600 pacientes).

Concernente ao paludismo embora estarmos numa fase de pré-eliminação, o presidente salientou  que a luta ainda não acabou. “A a luta  contra o paludismo ainda não está ganha , pelo contrário temos batalhar mais ainda,  temos que intensificar esta luta e combate com a colaboração de toda a população da ilha do Príncipe para chegarmos a fase da eliminação do paludismo na região” .

Cassandra reconheceu o progresso  do Príncipe na luta contra o paludismo, todavia disse que tomos que unir e estar todos sensibilizados na ação de radicação desta doença.  O Governo Regional quer tudo fazer e quer contar com apoio máximo da população  nesta luta. Entretanto, informou  que os avanços obtidos na luta contra o paludismo tem que se observar também no caso de outras doenças como as doenças crônicas, VIH/SIDA, Hipertensão,  traumatismo, doenças respiratórias e diarreicas nas crianças.

Hoje na região muitos problemas a nível de saúde já estão minimizados com instalação dos postos sanitários nas comunidades com  destaque dos enfermeiros e as condições que os serviços hospitalares oferecem na localidades.

Entretanto, a Secretária dos Assuntos Sociais e Institucionais , Doutora  Natália Umbelina disse durante o seu discurso que pela primeira vez a dupla insularidade constitui para o Príncipe uma força, um ganho para os cidadãos que nela reside e também para os serviços regional de saúde, que apresenta hoje uma melhor qualidade de serviço garantindo melhor saúde e qualidade de vida para a população com os recursos de consultas, redução dos casos apresentados sobre o paludismo e serviços hospitalares.

“ Esta jornada  importante, porque estamos conscientes que destes debates sairão sem dúvidas subsídios e ajudas que  vão constituir  elementos importantes na procura das melhores soluções para este sector e auguramos que através desta,  possa haver trocas de experiências e conhecimentos que propiciem melhor prestação de cuidados de saúde para a nossa população”  disse a secretaria Natália Umbelina. Natália acrescentou ainda que conta com a colaboração e a criatividade dos profissionais de saúde e de todos quanto partilham os mesmos interesses.

Foto: Plácida Lopes
Texto: Milay Costa
Governo Regional do Príncipe – GRP
Assessoria de Comunicação Social
(239) 2251 013

Sobre Placida

Jornalista
Gallery | Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s