Equipa parlamentar da ALRAP interpela Governo Regional sobre a política de olhar para pessoa humana

 Lider do Executivo Regional diz que o governo estabeleceu a política  de olhar para a pessoa humana, dado a situação difícil que vivia a população

Lider do Executivo Regional diz que o governo estabeleceu a política de olhar para a pessoa humana, dado a situação difícil que vivia a população

Príncipe, 02/08/2012 – Assembleia Legislativa da Região Autónoma do Príncipe (ALRAP), iniciou na última  quarta-feira (01/08), a ssessão plenária de Agosto com um debate proposto pela equipa parlamentar da ALRAP sobre o tema Olhar para a pessoa Humana,  o lema adoptado pela  UMPP (União para Mudança e Progresso do Príncipe) desde 2006, dado a situação difícil que vivia a população do Príncipe.

A interpelação feita à Mesa sobre a política de Olhar para pessoa Humana, surgiu após  uma visita efectuada por uma equipa parlamentar da ALRAP que ocorreu durante o mês de Maio tendo como objectivo conhecer in loco o funcionamento dos sectores e as dificuldades que têm enfrentado dia a dia.

O debate de mais de quatro horas  teve como propósito analisar o relatório do ciclo de visitas efectuadas pela equipa parlamentar aos diversos sectores das Instituições Publicas e Privadas da região,  esclarecer todas as informações e responder questões levantadas  pelo parlamento, e saber medidas estratégicas  que o governo pretende adoptar para solucionar séries de problemas  ligados  a educação, infra-estrutura, segurança pública,  segurança de navegação áerea, agricultura e pescas, florestas entre outros conforme ilustra o relatório apresentado pela equipa parlamentar regional.

No Parlamento Regional interpelação ao governo sobre a política de Olhar para Pessoa Humana

No Parlamento Regional interpelação ao governo sobre a política de Olhar para Pessoa Humana

De acordo com o presidente Cassandra,  foi um debate esclarecedor e importante para o exercício da democracia, visto que a prestação dos deputados, da Assembleia e do Governo visa contribuir para melhorias de condições de vida de cada cidadão do Príncipe, como defende a filosofia política do Governo Regional do Príncipe (GRP) em olhar para a pessoa humana.

Ao analisar o relatório e respondendo as questões levantadas pelos deputados, o lider executivo regional disse que no primeiro mandato, o governo desenvolveu projectos e programas de habitação, extensão eléctrica, postos sanitários, jardins de infância as comunidades, água canalizada, formações a fim de melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Alguns desses projectos ainda estão em curso. Neste segundo mandato, Cassandra disse ainda que  o governo  estabeleceu a educação  como prioridade em primeiro plano  e a infraestruturação no segundo plano de modo garantir a qualidade de vida da população.

“ Achamos que é a obrigação do governo dar melhores  condições de vida as pessoas de modo a  viverem com dignidade.  Por isso, nós vamos analisar  com cautela esse relatório exaustivo apresentado pela equipa parlamentar regional  e vamos priorizar as ações para que no orçamento do próximo ano agendar algumas dessas ações em função das prioridades para serem executadas”, informou o presidente Cassandra.

Foto: Plácida Lopes
Texto: Plácida Lopes
Governo Regional do Príncipe – GRP
Assessoria de Comunicação Social
(239) 2251 013

Sobre Placida

Jornalista
Gallery | Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s